Política

Célia Jordão quer que Complexo Econômico Industrial da Saúde seja indutor do desenvolvimento fluminense

Frente Parlamentar na Alerj irá discutir os gargalos e as oportunidades do setor para que o Estado seja protagonista e ajude a gerar mais emprego e renda

A deputada estadual Célia Jordão (PL) protocolou um requerimento na Alerj solicitando a instalação da Frente Parlamentar do Complexo Econômico Industrial da Saúde no Estado do Rio de Janeiro. Em junho, durante audiência pública realizada na Comissão de Saúde para discutir o tema, a deputada sugeriu a criação da Frente como meio de garantir maior planejamento e integração dos sistemas produtivos e de serviços da Saúde, tornando o setor, de fato, um indutor do desenvolvimento econômico fluminense na geração de emprego, renda e arrecadação de divisas para o Estado. A Frente Parlamentar foi aprovada e começa a funcionar este mês.
 
“O bom funcionamento do sistema de Saúde tem impactos não somente na qualidade de vida das pessoas, mas na geração de emprego e renda. A Saúde tem potencial para ser um dos principais indutores do desenvolvimento econômico do Estado e do país. E de nada vale ter potencial sem planejamento e integração dos seus setores e dos entes federativos. Na Frente, iremos discutir meios de resolver esse e outros gargalos e propor políticas públicas, de forma que o Rio de Janeiro se torne o protagonista desse processo”, ressaltou a deputada.
 
Além da deputada Célia Jordão, coordenadora da Frente, fazem parte do corpo diretivo os deputados Tande Vieira (PP), que preside a Comissão de Saúde da Alerj e atuará como vice-coordenador; a deputada Elika Takimoto (PT), eleita secretária-geral; e os deputados Martha Rocha (PDT) e Anderson Moraes (PL), que atuarão como membros efetivos.
 
O Complexo Econômico Industrial da Saúde reúne toda a base produtiva envolvida na prestação de serviços, promoção e vigilância em saúde, o segmento secundário da economia, como indústrias de base química, biotecnológica, mecânica e de materiais, e o terciário, referente aos serviços prestados nos estabelecimentos de saúde, mobilizando uma série de tecnologias e o setor de inovação.

 
 
 
 
Gisele Macedo
2199397786

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo