Home Destaque Em áudio, mulher confessou ao pai que tinha matado os dois filhos BNRJ

Em áudio, mulher confessou ao pai que tinha matado os dois filhos BNRJ

4 Primeira leitura
0
0
11

O pai da dona de casa Stephani Ferreira Peixoto, de 36 anos, acusada de matar dois dos seus filhos, de 3 e 6 anos, a facadas em Guapimirim, na Baixada Fluminense, informou à polícia que, logo após o assassinato das crianças, a filha mandou um áudio para ele, contando que tinha cometido os crimes.

A informação é do G1. Segundo o portal, na gravação, ela disse ao pai que “estava morrendo”. O áudio foi entregue à polícia na tarde dessa quarta-feira (12/1), após o avô das crianças prestar depoimento.

Aos agentes, ele também confirmou um boato que vizinhos do casal já haviam contado à polícia, de que houve uma briga entre Stephani e o marido, Carlos Leonardo da Silva, 37, na última sexta-feira (6/1), que poderia ter motivado o crime.

O delegado responsável pelo caso, Antônio Silvino Teixeira, da 67ª DP (Guapimirim), contou ao Extra novos detalhes da apuração.

“Recebemos essa informação do áudio no depoimento do pai da Stephani hoje (ontem) e vamos ouvir com calma para seguir com a apuração. A partir daí vamos ver os próximos passos na investigação”, disse.

“Realmente houve uma briga. Nós já tínhamos essa informação que os policiais colheram com vizinhos. Os depoimentos de hoje tinham o objetivo de apurar essa história e a confirmação veio com o pai da Stephani”, concluiu Teixeira.

Stephani foi socorrida ainda na segunda-feira (10/1), ao ser encontrada ensanguentada no local do crime, e encaminhada ao Hospital Municipal José Rabello de Mello. Após esfaquear as duas crianças, ela teria tentado tirar a própria vida.

Investigações recentes da polícia afirmam também que ela teria tentado explodir a casa em que estava. De acordo com policiais, ela deixou as bocas do fogão abertas e uma extensão ligada. Na casa, estavam: ela e os corpos dos dois meninos.

Na manhã de terça (11/1), recebeu alta e foi transferida para a unidade médica no Complexo de Gericinó, em Bangu, onde permanece. No Pronto Socorro Geral Hamilton Agostinho, recebe avaliações médicas que definirão onde ficará sob custódia.    Informações Metrópoles DF

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por MARCOS Vieira
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Armados com fuzis, traficantes festejam invasão em favela do Rio BNRJ

 Uma divergência interna no Comando Vermelho, uma das principais facções do Rio de Janeiro…