Home Destaque Enquanto Rio vive incerteza, Angra, Paraty e Búzios mantêm Réveillon banca.com

Enquanto Rio vive incerteza, Angra, Paraty e Búzios mantêm Réveillon banca.com

6 Primeira leitura
0
0
6

 Enquanto o Rio vive a incerteza da festa de Réveillon — os shows foram cancelados e a cidade aguarda a decisão se haverá ou não queima de fogos —, cidades turísticas do estado, como Angra do Reis, Paraty e Búzios, seguem programando eventos para comemorar a chegada de 2022.

As prefeituras que cancelaram os festejos argumentam que a medida é preventiva e foi provocada pela falta de controle sanitário para os viajantes que chegam ao país e em combate ao avanço da variante Ômicron do coronavírus.

Das cidades que preparam festa para seus moradores e turistas, Paraty e Angra dos Reis, na Costa Verde, programam, além de shows e queima de fogos, protocolos sanitários para evitar os não-vacinados.

 
 

As autoridades locais planejam exigir a apresentação de passaporte vacinal para o acesso a locais públicos. As duas cidades estudam ainda exigir o comprovante para reservas de hospedagens e aluguéis de temporada.

De acordo com a prefeitura de Angra, os planos só serão alterados caso “haja agravamento do quadro epidemiológico atual”.

Cidade preferida dos turistas estrangeiros, em especial os que chegam da Argentina, Armação dos Búzios, na Região dos Lagos apoia a realização da festa da virada na cidade. Búzios terá queima de fogos e shows, além de cantatas de Natal e atrações que ainda estão sendo programadas.

De acordo com a prefeitura local, mesmo com os cancelamentos dos eventos em outras cidades ou a intensificação das medidas restritivas nos grandes centros, a cidade seguirá sem restrições e sem obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos.

Cancelamentos

Na contramão das festas em programação, Niterói cancelou a festa, mas manteve os fogos, proposta que capital fluminense pretende executar, caso haja aval do comitê científico do estado. A reunião que decidirá o destino da festa da virada deverá ser realizada nesta quarta-feira (8/12).

 

Em Niterói, haverá 10 pontos de queima de fogos de baixo estampido espalhados em diferentes regiões da cidade.

Em Cabo Frio, na Região dos Lagos, há um cenário de incertezas. De acordo com a prefeitura da cidade, “o planejamento para o Réveillon e o Carnaval está sendo feito, mas nada está confirmado”.

As festas, no entanto, já foram canceladas em Petrópolis, Barra Mansa, Belford Roxo, Duque de Caxias, Mesquita, Nova Iguaçu, São Gonçalo, São João de Meriti, Paracambi e Volta Redonda.

Festas privadas liberadas, mas com regras

Caso seja aprovada a proposta de manter a queima de fogos na capital, medidas serão adotadas para evitar aglomeração e risco de contaminação pela Covid-19.

Entre as regras em estudo estão a proibição do estacionamento na orla, o funcionamento sem esquema especial dos transportes na noite do dia 31 e protocolos para festas privadas.

Cada município vai estipular suas diretrizes para realização de eventos particulares, segundo governador Cláudio Castro.

“Vamos debater para definir esse protocolo estadual, para a realização de festas privadas, como a exigência de certificado de vacinas ou testes PCR”, explicou.  Metrópoles

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por MARCOS Vieira
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Armados com fuzis, traficantes festejam invasão em favela do Rio BNRJ

 Uma divergência interna no Comando Vermelho, uma das principais facções do Rio de Janeiro…