DestaqueSaúde

Fiocruz investiga dois casos suspeitos do mal de vaca louca no Rio BNRJ

Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) investiga dois casos suspeitos do mal de vaca louca em moradores da Baixada Fluminense.

Os dois pacientes foram internados no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), localizado em Manguinhos, na zona norte do Rio.

Conhecida como o mal da vaca louca, a doença ficou conhecida entre os anos 80 e 90, após um surto no Reino Unido, época em que várias cabeças de gado acabaram abatidas.

 

Trata-se de uma doença cerebral, degenerativa e fatal, que afeta o gado e pode infectar humanos que consumirem a carne contaminada.

Em setembro deste ano, o Ministério da Agricultura e Pecuária confirmou dois registros da doença em animais de Belo Horizonte, em Minas Gerais, e em Nova Canaã do Norte, no Mato Grosso.

Na ocasião, o órgão afirmou que foram casos isolados e que a carne não chegou a ser comercializada. Sendo assim, não ofereceram risco à saúde pública.

Metrópoles

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo