Entretenimento

Instrutor de tiro e reserva do Exército: quem é o atirador dos EUA

Robert Card é procurado por centenas de policiais após atirar contra pessoas em três pontos da cidade de Lewiston, no Maine (EUA) - (crédito: Cortesia da Polícia do Estado do Maine) Foto Divulgação

A Polícia Estadual do Maine, nos Estados Unidos, identificou o homem que atirou contra civis em três pontos da cidade de Lewiston, na noite de quarta-feira (26/10). Os tiroteios causaram terror e a morte de 16 a 22 pessoas — o número exato não foi confirmado pelo Departamento de Segurança Pública do Maine. Agora, centenas de policiais do estado buscam Robert Card, de 40 anos.

De acordo com o jornal local de Lewiston, o Sun Journal, Robert é instrutor treinado em armas de fogo. A polícia acredita, ainda, que ele é militar da reserva do Exército dos Estados Unidos.

Robert relatou, recentemente, problemas de saúde mental, passou a ouvir vozes e ameaçou atirar na base da Guarda Nacional na cidade de Saco. A polícia afirmou que depois das ameaças, ele passou cerca de dois meses em um centro clínico de apoio à saúde mental.

Noite de terror seguida de caçada

A polícia e as equipes de resgate de Lewiston foram acionadas por volta das 19h15 para atender uma ocorrência de tiroteio em um parque de recreação onde ocorria uma noite de boliche juvenil.

Pouco depois, as equipes de emergência receberam chamados para outro tiroteio a seis quilômetros de distância do primeiro local, o bar Schemengees, na Lincoln Street.

Houve, ainda, relatos de um terceiro ataque, por volta das 20h15. No entanto, o porta-voz da polícia de Lewiston afirmou que não houve feridos no local, que fica a dois quilômetros do bar, segundo local que Robert atacou.

De acordo com as autoridades, 16 pessoas morreram na hora e entre 50 e 60 estão feridas. O número de mortes pode aumentar a qualquer momento, a polícia informou. No entanto, a Agência France-Press afirmou que 22 pessoas morreram.

De acordo com o diretor do Departamento de Segurança Pública, Michael Sauschuck, “literalmente centenas de policiais trabalhando em todo o estado do Maine” para investigar o caso e procurar Robert.

A prefeitura de Lewiston emitiu alerta geral para os moradores da cidade e pediu que a população se abrigasse. As escolas estão fechadas nesta quinta-feira (26/10), assim como a Câmara Municipal da cidade.

 

Fonte Correio Braziliense:

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo