Política

Itaboraí ganha título de “Terra da Laranja”, aprovado na Alerj

Projeto de lei do deputado Guilherme Delaroli segue para análise do governador

O plenário da Assembleia Legislativa (Alerj) aprovou conceder ao município de Itaboraí o título de “Terra da Laranja” no Estado do Rio de Janeiro, proposto pelo deputado Guilherme Delaroli (PL), através do Projeto de Lei 847/2023, aprovado em segunda discussão, nesta terça-feira (29/08). Agora, cabe ao governador Cláudio Castro (PL) sancionar ou vetar a lei.

A intenção do deputado Guilherme Delaroli é homenagear e impulsionar o trabalho de produtores que alçaram Itaboraí entre os principais polos de plantio e comercialização de laranja no país. 

 

“Esse título não apenas eterniza a notável produção agrícola local, mas também reconhece e enaltece o trabalho incansável dos dedicados agricultores de laranja. Mesmo diante de desafios e crises econômicas, eles perseveraram, mantendo viva a tradição de Itaboraí como um centro produtor de laranjas de excelência”, destaca o deputado estadual Guilherme Delaroli.

 

O hino oficial do município faz menção aos laranjais, e o auge da produção ocorreu no século passado, dos anos 20 até a década de 1980, quando Itaboraí consolidou-se como maior produtor de laranja no Rio de Janeiro e segundo no Brasil.

Thiago Lontra/Alerj

T_L02690~2_Original.jpeg

Deputado Guilherme Delaroli valoriza e enaltece a dedicação dos produtores de laranja em Itaboraí 

 
 

Juliana Oliveira 

Assessoria de imprensa 
(21) 99823-8672

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo