DestaqueGeral

Menina atingida por linha com cerol passa por cinco cirurgias e amputação BNRJ

 A menina Eloah Oliveira, 10 anos, atravessava uma passarela na Avenida Brasil, na altura de Realengo, quando a linha com cerol – mistura de cola de madeira com vidro moído – enroscou nas suas pernas.

 

“O movimento de vai e vem da linha ia cortando a perna dela até dar para ver o osso. Ela foi socorrida por pessoas que passavam pelo local porque eu simplesmente não conseguia me mexer”, lembrou Vanessa Souza, mãe da menina. “Foi tudo muito difícil. O pior foi contar para ela que ela perderia a perninha dela. Ela dizia que era injusto, que era melhor perder um braço, que não queria ficar sem andar”.

sempre sonhou ser professora. Já Gabriel Lucas, 17, está realizando o desejo de jogar futebol e ser convocado para a seleção brasileira. Em comum na história dos dois está um crime do qual ambos foram vítimas. Há dois anos, em março e em julho de 2019, respectivamente, os jovens sofreram amputações de uma de suas pernas após serem atingidos por linhas com cerol ou linhas chilenas.


0

Eloah teve a perna direita amputada e, desde março de 2019, já passou por cinco cirurgias: a última delas com objetivo de reconectar os tendões da perna esquerda para que recuperar os movimentos e a sensibilidade do membro.

Depois de meses de reabilitação na ABBR, os exercícios e o acompanhamento para restabelecer sua rotina vêm sendo realizados no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into).

 

“Ela recebeu uma prótese na ABBR e hoje já consegue andar até a escola. Ela recupera, todos os dias a vontade de viver e a determinação para realizar seus sonhos”, comemora a mãe. Floripa

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo