Blogs & Colunas

Motivacional com Renata Idalgo

Ouça a mensagem de hoje

Bom dia iluminados

Hoje de manhã me veio essa reflexão nos
Salmos 145:19 “Ele realiza os desejos daqueles que o reverênciam; ouve‑os gritar por socorro e os salva”.

Na semana passada eu pude provar do favor de Deus contido neste trecho quando pedi a Deus: Dá-te pressa em ajudar-me.

Porque nem eu e nem você, por mais espiritualizados que sejamos, somos autosuficientes, e mesmo que estejamos sob a direção de Deus, precisamos de mãos humanas nobres, e de fato, abençoadoras em nosso caminho.

Há momentos em que precisamos da ajuda de outras pessoas, mesmo com toda a nossa espiritualidade. E essa ajuda por vezes é física, emocional, financeira.

É nesse momento que pessoas mostram sua face e agem de coração ou não.

Não basta dizer que é. É preciso ser, na prática, uma pessoa acolhedora, que aprendeu a ter prontidão em ajudar; uma pessoa que possui sensibilidade para entender a necessidade do outro, e acima de tudo, ter a nobreza de espírito para ser pronto a ajudar.

Eu já ouvi pessoas elogiando a minha coragem em ir para fora do país, mas ignorando ajuda.

Alguns jogam na conta de Deus o que eles próprios poderiam fazer ao dizer: Se Deus te levou, Ele suprirá.

Falando assim eu tiro a minha responsabilidade, o meu amor à Cristo e me torno indisponível pra te ajudar.

Muitos usam frases prontas e palavras soltas pra justificar a sua falta de amor ao próximo.

Deus não age sozinho.
Ele precisa de pessoas com coração de servo.Pessoas generosas.

A esses Ele chama de minha igreja, meu povo
Aqueles que de fato cumprem os dois mandamentos que Ele deixou resumidos:

Amai a Deus sobre todas as coisas
Amai ao próximo como a ti mesmo

Mandamentos de amor não são para ser apenas citados
Mandamentos de amor são para ser vividos com atitudes de prontidão.

O amor não espera
O amor tem prontidão em abençoar o outro

Paz e prosperidade

Shalom

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo