Home Economia O economista Adriano Pires desiste de ocupar a presidência da Petrobras BNRJ

O economista Adriano Pires desiste de ocupar a presidência da Petrobras BNRJ

2 Primeira leitura
0
0
6

O economista Adriano Pires comunicou, na manhã desta segunda-feira (4/4), ao Palácio do Planalto que não irá assumir a presidência da Petrobras. A desistência ocorre após a divulgação da informação de que ele teria conflitos de interesse e não seria aprovado para assumir como presidente da estatal pelos órgãos estatais, como o Tribunal de Contas da União (TCU). 

Na última sexta-feira (1º), o Ministério Público pediu ao TCU que Pires fosse impedido de assumir o cargo enquanto não houvesse uma investigação do governo, pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pela Comissão de Ética, além de uma apuração pela própria Petrobras sobre a atuação dele no setor privado. 

Adriano Pires e o filho dele, Pedro Rodrigues Pires, são sócios do Centro Brasileiro de Infraestrutura (Cbie), o que traria conflitos de interesse para o indicado do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao comando da Petrobras. A lei 13.303/2016, conhecida como Lei das Estatais, veda que executivos dessas empresas tenham parentes em empreendimentos concorrentes.

O Palácio do Planalto e o Ministério de Minas e Energia informaram, no início desta tarde, ainda “não ter recebido comunicado oficial do Senhor Adriano Pires nesta segunda-feira”.  Correio Braziliense DF

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Marcos Vieira
Carregar mais por Economia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

STF e TSE decidem formar aliança para defender a democracia e as eleições BNRJ

Na próxima quarta, 11h30, o presidente do STF, ministro Luiz Fux, e o presidente do TSE, E…