DestaqueGeral

PM do RJ vai modernizar identidade funcional BN

A mudança na carteira de identificação de policiais militares, que passará a ter um código QR para armazenamento de informações, não é única na história da corporação. Em 2006, foi registrada a primeira alteração significativa.

Policial militar durante mais de 30 anos, o deputado estadual Coronel Jairo (SDD) foi autor da Lei 4848/2006, que mudou a carteira funcional de PMs e bombeiros ao irem para a reserva. 

A identidade profissional passou a registrar o posto ou graduação que os servidores ocupam na reserva, de acordo com seus vencimentos. 

Agora, segundo a Secretaria de Estado de Polícia Militar, a nova carteira de identificação com código QR permitirá o armazenamento de informações como validade do documento e restrições judiciais e sanitárias. A novidade vale para ativos, inativos e pensionistas. 

“É bom ver a Polícia Militar avançar ao longo dos anos, aprimorando o combate ao crime como também nas questões internas para maior segurança dos agentes”, afirma o deputado Coronel Jairo.

O elemento eletrônico ficará no verso do cartão e visa torná-lo mais tecnológico, para reduzir custos e ser sustentável. Além disso, a ideia é aumentar a segurança na identificação dos servidores.

Também haverá mudanças no material e na aparência da carteira, que deixará a cor alaranjada e adquirirá tons de cinza.

Deputado Coronel Jairo foi autor de lei na qual a carteira de PMs e bombeiros passou a registrar o posto ou graduação que os servidores ocupam na reserva, de acordo com seus vencimentos

 

Juliana Oliveira 

Assessoria de imprensa 
(21) 99823-8672
 
 
 
 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo