DestaqueSaúde

Polícia Federal e Anvisa apreendem remédio argentino irregular no Brasil [ Brasil ] BNRJ

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Polícia Federal cumpriram três mandados de busca e apreensão para coibir o comércio ilegal de medicamentos argentinos.

De acordo com o órgão regulador, as investigações ocorreram na quarta-feira (3/8), na região de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e em Cuiabá e Várzea Grande, no Mato Grosso.

Agentes apreenderam, no Aeroporto Internacional de Campo Grande, caixas de um medicamento argentino que contém o princípio ativo neostigmina. Segundo a Anvisa, os remédios estavam sem documentação que comprovasse sua entrada regular no Brasil.

A neostigmina é utilizada para melhorar sintomas de miastenia grave, uma doença autoimune que prejudica a comunicação entre nervos e músculos. Uma das consequências da condição é a fraqueza muscular. Devido às circunstâncias, a ação da PF foi nomeada de Operação Miastenia.

Os investigadores também constataram que a empresa que receberia os remédios não possui autorização de funcionamento da Anvisa, e comercializa produtos estrangeiros para distribuidoras e remédios e hospitais em outros estados do país.  metrópoles.com

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo