Home Destaque Pronto Socorro Central em São Gonçalo, adota o ‘round multiprofissional’ BNRJ

Pronto Socorro Central em São Gonçalo, adota o ‘round multiprofissional’ BNRJ

4 Primeira leitura
Comentários desativados em Pronto Socorro Central em São Gonçalo, adota o ‘round multiprofissional’ BNRJ
0
9

Empenhados em melhorar o atendimento e atenção aos pacientes internados, a equipe assistencial do Pronto Socorro Central Dr. Armando Gomes de Sá Couto, no Zé Garoto, em São Gonçalo, implantou uma nova metodologia de trabalho, chamada de ‘round multiprofissional’. A intenção é promover a discussão sobre o quadro clínico dos pacientes entre profissionais de diferentes especialidades para chegarem ao melhor e mais adequado tratamento, contribuindo para uma evolução mais rápida.

O novo conceito de trabalho procura atender as expectativas das pacientes. Participam do ‘round’ os técnicos de enfermagem, enfermeiros, nutricionistas, farmacêuticos, psicólogos, assistentes sociais, médicos, profissional do Núcleo Interno de Regulação (NIR), profissionais da odontologia hospitalar, fisioterapeuta, enfermeiro do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), entre outros.

A ferramenta organizacional consiste em uma visita ou discussão a cada paciente, realizada pela equipe multidisciplinar envolvida nos cuidados assistenciais. “Cada profissional expõe o que observa no tratamento, propõe condutas e novas abordagens e possibilidades de tratamento que possam levar à melhora do estado do paciente. Cruzamos as informações e definimos ações”, explicou o médico e diretor técnico do PSC de São Gonçalo, Dr. Bruno Alpacino Vendrame Reis.

Embora o escopo seja ganhar na assistência ao paciente, o ‘round’ também proporciona uma ampliação da integração, do conhecimento compartilhado e do entusiasmo dos profissionais. “Através das discussões dos casos e da rotina de planejamento, todos têm crescido com o compartilhamento das informações. Em cada visita, temos a presença de mais profissionais, eles estão chegando e contribuindo muito com as informações de suas áreas”, finalizou o médico.

O ‘round’ faz jus às garantias de direitos do paciente, conforme a Política Nacional de Humanização (PNH) do Ministério da Saúde, onde a clínica ampliada com a participação de diferentes especialidades no tratamento do paciente é uma das diretrizes. O trabalho proporciona uma melhor abordagem clínica do paciente, considerando a singularidade do sujeito e a complexidade do processo saúde/doença.

 
 

Autor: Ascom
Foto: Lucas Alvarenga
Fonte: Ascom

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Marcos Vieira
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Obra de ponte é retomada após as fiscalizações do deputado Poubel / Bnrj

Mais uma obra foi retomada no Estado do Rio de Janeiro após frequentes fiscalizações e ape…