Polícia

Suspeito de matar a facadas mãe e filha dentro de casa é ouvido em delegacia BNRJ

 Mãe e filha foram encontradas mortas dentro de casa, nesta quarta-feira (3), em Bracuí, no município de Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio. Lucimar Freitas da Silva Vasconcelos, de 46 anos, e Adriana Vasconcelos da Silva, 19, teriam sido mortas à facadas. De acordo com a Polícia Militar, um suspeito se apresentou no local e foi conduzido pelos militares à 166ª DP (Angra dos Reis). A Polícia Civil não informou se ele tem alguma ligação com o crime.

De acordo com a distrital, policiais militares que estavam em patrulhamento pela região foram informados sobre a ocorrência. Ao chegar ao local, os militares encontraram a casa aberta. O sobrinho de Lucimar foi o primeiro a entrar na residência, onde encontrou as duas já sem vida.

De acordo com o delegado Vilson de Almeida Silva, titular da 166ª DP (Angra dos Reis), as investigações estão em andamento neste momento, com a perícia de local e diligências na região em busca de informações. Segundo a Polícia Militar, ao chegarem no local, agentes encontraram as vítimas mortas e a porta da casa aberta. Um sobrinho de Lucimar foi o primeiro a chegar ao imóvel. No local, testemunhas informaram que o ex-namorado de Lucimar teria sido a última pessoa a entrar na residência.

A Polícia Civil foi acionada, realizou uma perícia no local e faz diligências na região em busca de informações que ajudem a identificar o autor do crime. A 166ª DP também instaurou inquérito e recebe denúncias pelo WhatsApp (24) 99935-1747. O anonimato é garantido.

Ainda não há informações sobre a data e local de enterro de Lucimar e Adriana.  RLagos

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo