Home Destaque Hospital Estadual Alberto Torres de São Gonçalo abre o ano com captação de órgãos BNRJ

Hospital Estadual Alberto Torres de São Gonçalo abre o ano com captação de órgãos BNRJ

5 Primeira leitura
0
0
14
Com auxílio de um helicóptero da secretaria estadual de Saúde, viaturas do Choque da Polícia Militar e de ambulâncias, a Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) do Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo, realizou na manhã desta sexta-feira (07) a primeira captação de órgãos do ano, entre eles um coração. O paciente deixou o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) sob aplausos dos funcionários da unidade, que formaram um corredor humano até o centro de trauma onde foi feito o procedimento.
A família de Felipe Villas Boas Rodrigues, de 29 anos, também participou do momento de agradecimento pela doação dos órgãos. Emocionados, só deixaram o hospital quando a equipe médica concluiu a captação do coração, rins, pâncreas, fígado e córneas do paciente, que foram levados a três hospitais do Rio de Janeiro.
– Foi difícil decidir doar os órgãos do meu filho, mas neste momento estamos muito felizes porque fizemos a coisa certa. O Felipe era uma criança grande, do bem, trabalhador, mas que infelizmente nos deixou após um acidente. Com certeza ele está feliz por estar ajudando outras pessoas através dos seus órgãos — garantiu a mãe Andrea Villa Boas, de 54 anos.
A morte cerebral de Felipe Villa Boas foi confirmada nesta quinta-feira pela equipe especializada do Hospital Estadual Alberto Torres. Ele entrou na unidade na madrugada do réveillon após acidente de moto no bairro de Santa Catarina. Felipe estava sem capacete e teve traumatismo craniano.
Após a captação, familiares foram até o Jardim do Doador de Órgãos, espaço criado em uma área do hospital com objetivo de representar a coragem da família pela escolha da doação. No local é plantada uma muda de jasmim, que significa o órgão vivo que foi transplantado no receptor, que vai crescer e perfumar o ambiente
A equipe da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) do Heat, responsável por identificar potenciais doadores e promover o suporte, organizando todo o processo de captação de órgãos no hospital em parceria com a Central de Transplante do Estado, conseguiu captar ainda nesta sexta-feira órgãos de uma criança de 1 ano e nove meses, vítima de queda.
O Hospital Estadual Alberto Torres, administrado pelo Instituto de Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas) em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), está entre as primeiras unidades do estado do Rio em captação de órgãos. O Heat é uma unidade de urgência e emergência, especializado no socorro a pacientes com múltiplos traumas.  O SG Noticias
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por MARCOS Vieira
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Armados com fuzis, traficantes festejam invasão em favela do Rio BNRJ

 Uma divergência interna no Comando Vermelho, uma das principais facções do Rio de Janeiro…